2016

2016

quinta-feira, 28 de julho de 2011

BLUE EYES

Nunca foi tão fácil fotografar. Com a tecnologia digital podemos fotografar tudo em quantidade, mas nem sempre com qualidade. Uma boa fotografia ainda exige técnicas. Fotografar é uma arte. E nada melhor do que apreciarmos uma fotografia bem tirada.
Nesse ponto admiro os fotógrafos da National Geografic, pois conseguem, em seus trabalhos, captar fotos exuberantes.

Uma dessas fotos, é a da afegã de olhos azuis. Veja a qualidade da foto......

BEATLES MEGAMIX - 2000

Os Beatles certamente foram o grande fenômeno musical da década de 60 e 70 e gerou um legado para a eternidade. A sua música ainda influencia a música e os músicos atuais. Em sua época foram pioneiros e inovadores em vários aspectos, como vocal, em arranjos com a ajuda de George Martin, no uso de instrumentos, na formatação da música, no vestuário e nas letras.

Eu conheci o som deles por acaso. Ao passar por uma loja de discos ouvi a musica que tocava naquele momento e fiquei parado por instantes. Logo em seguida sai com o compacto simples na mão, que continha duas músicas da banda. A partir daquele instante virei mais um admirador do grupo.

Ao visitar o blog "jbpimentel" coletei um megamix legal que apresento nesta postagem. 











PAUL MAURIAT - LOVES IS BLUE - 1968

A primeira orquestra que tive contato, foi a orquestra de Paul Mauriat, em meados dos anos 70. Naquela época existiam muitas orquestras. Era a fase "Easy Listening".  Essas orquestras costumavam ser muito comerciais, pois na sua totalidade faziam arranjos de sucessos pop da época.  

Eram comuns as orquestras de Paul Mauriat, Franck Pourcel, Mantovani, Xavier Cougat, Percy Faith, Ferrante & Teicher, Billy Vaughn, Ray Conniff, entre outras. Entretanto, em cada disco, sempre havia  uma ou duas composições próprias.

Paul Mauriat costuma incluir suas próprias composições e entre as várias que compôs eu destaco "Love is Blue" e "Nocturne".

Nesta postagem, apresentamos o disco lançado na França, pela gravadora Phonogram, com o selo Philips, contendo as seguintes músicas:

1. Dalila; 
2. La source; 
3. Des que je me reveille; 
4. L'amour te ressemble; 
5. L'opera des jours heureux; 
6. Pata pata; 
7. Love is blue; 
8. Comme un garcon; 
9. Je ne suis rien sans to; 
10. Ne sois pas triste; 
11. Comme d'habitude; 
12. L'histoire de Bonnie and Clyde; 
13. Mirabella;

Bônus: 
14. Cent mille chansons; 
15. It's a man's man's man's world; 
16. Pour etre sincere; 
17. Valse d'ete.









quarta-feira, 20 de julho de 2011

MADREDEUS - OS MAIAS - 2001

Ao assistir a série brasileira de TV, "Os Maias", baseado na obra homônima do escritor portugues, Eça de Queiroz, me deparei com a excelente qualidade da produção das filmagens e da adaptação da obra. Mas o que me impressionou foi a trilha sonora e principalmente a banda portuguesa "Madredeus". Nessa trilha tem duas músicas lindas, que destaco: Ilha dosAçores e Haja que houver. A voz da cantora, Teresa Salgueiro é de arrepiar. Vale a pena conhecer a obra deles. Conheça essas duas músicas.