2016

2016

domingo, 18 de março de 2012

DORI EDSON - ANTOLOGIA - 2010

Resgatar obras dos anos 60 é uma necessidade para perpetuar a memória da música brasileira. Nesta postagem, vamos comentar sobre o cantor e compositor brasileiro, que atuou no movimento Jovem Guarda, Antonio Dorival Angiolella, ou melhor Dori Edson. Ele nasceu no dia 26/08/1947, na cidade de São Paulo.  

Iniciou sua carreira por volta de 1959, com o nome de Dori Angiolella, assinando contrato com a gravadora Young, de Miguel Vaccaro Neto, que foi a primeira dedicada ao público jovem. Em 1960, lançou um compacto simples em 78 Rpm com a música Danny Boy, no lado A e outra com Marcos Roberto, no lado B. Com o crescimento da Jovem Guarda participou diversas vezes no programa da TV Record, comandado pelo cantor Roberto Carlos. 

Em 1966, transferiu-se para a gravadora Continental e lançou um compacto simples com as músicas Veja Se Me Esquece e É Uma Brasa. Entre 1967 e 1968, o grupo “Os Caçulas” lançou um álbum, pela RCA Victor, duas músicas de autoria de Dori Edson e Marcos Roberto, seu parceiro de muitos sucessos, Tente Perdoar e Tudo Isso Só Eu Sei. Nesse período, ainda pela gravadora Continental lançou um compacto duplo com as músicas O Canguru, Veja Se Me Esquece, Rosa Maria e Dá o Dedinho, todas de sua autoria. Uma curiosidade no lançamento da música O Canguru, foi oferecido um prêmio de dois milhões de cruzeiros a quem lhes levasse um canguru vivo, que seria usado para a promoção da referida música.

Em 1967, já no “cast” da gravadora RGE, lançou o primeiro disco Long Playing. Nessa mesma época, Marcos Roberto também lançou o seu primeiro álbum, contendo onze músicas em parceria com ele. Em 1968, lançou o seu segundo álbum, com destaque para acanção Perto dos Olhos, Longe do Coração, que ficou várias semanas nas paradas de sucesso. Nessa época, Dori Edson já tinha mais de 100 composições gravadas em parceria com Marcos Roberto, por diversos artistas da Jovem Guarda, tais como, Waldirene (Você Entendeu Meu Olhar), Mário Marcos (O Brinquedinho), Os Caçulas (Tente Perdoar), Eduardo Araujo (Nunca Mais Adeus), Jerry Adriani (Separação), Erasmo Carlos (O Tremendão), entre outros.  

Dori Edson, cantor de voz suave, foi principalmente um compositor romântico de grande talento e sensibilidade. Ao lado do seu inseparável parceiro Marcos Roberto, formaram uma grande dupla de compositores, cujas canções traduziam perfeitamente o sentimento do movimento Jovem Guarda. É deles o clássico O Tremendão, música título do terceiro disco de Erasmo Carlos, pela gravadora RGE e que gerou o apelido eterno para o cantor. 

Entretanto, como cantor emplacou sucessos que certamente não serão esquecidos, tais como Veja Se Me Esquece, Perto dos Olhos, Longe do Coração, Ah! Como Eu Te Amo, Você é Criança Prá Mim e Antigas Namoradas, seu último hit de sucesso (1973). 
Como cantor, Dori Edson emplacou poucos sucessos, porém, a juventude brasileira jamais esquecerá músicas como Veja Se Me Esquece, Perto Dos Olhos, Longe Do Coração, Fingimento (1967) e Antigas Namoradas (1973), seu último grande hit. 
Dori Edson faleceu no dia 26/08/2008, em Campinas, São Paulo, vítima de uma parada cardiorrespiratória, no mesmo dia do seu aniversário.
(Fonte de Pesquisa: http://www.jovemguarda.com.br)

Nesta postagem, homenageamos esse grande cantor da Jovem Guarda, com uma antologia com 23 de seus principais sucessos em três gravadoras diferentes (Young, Continental e RGE) e mais duas canções apresentadas no Festival de La Cancione Latina En México. A antologia é composta das seguintes músicas:

1. Danny boy (com o nome de Dony Angiolela & Cupids); 
2. O Canguru; 
3. Rosa Maria; 
4. Eu amei você; 
5. Colher de chá; 
6. Antes só do que mal acompanhado; 
7. Olhe menina; 
8. É uma brasa; 
9. Veja se me esquece; 
10. Adeus Jamaica; 
11. Ah! Como eu te amo; 
12. O que eu sinto é amor; 
13. O encontro; 
14. Você é criança pra mim; 
15. Você tem que perdoar; 
16. Seu adeus; 
17. Perto dos olhos, longe do coração; 
18. Deixe o mundo falar; 
19. Sou igual a vocês; 
20. Sou fã do Rio de Janeiro; 
21. Hoje é noite de ficar sozinho; 
22. Menina linda; 
23. Esta cidade sem você; 
24. Antigas namoradas; 
25. Se eu encontrar com ela.



















Dori Edson, Carlos Bandeira e Marcos Roberto








7 comentários:

  1. Nota 10.000 pela antologia do Dori,é realmente demais.Precisava tambem de juntar todos os compactos do Marcos Roberto e fazer uma antologia dele,tem muitos compactos bons gravados que nao saiu em LP.Mas sei que vc é fera e ainda vai nos prestigiar com um antologia do Marcos Roberto.Muito obrigado . Geraldo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Geraldo
      Valeu pelo apoio. Gostei da idéia de uma antologia de Marcos Roberto juntando os compactos, não lançados em LP. O problema é que não tenho todas as faixas. Estou ainda coletando. No futuro sairá....
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  2. Meus parabéns ao confrade Hedson La Playa, pela montagem da "Antologia - Dori Edson". Tem um valor histórico e sentimental para nós, internautas cinquentões, que vivemos o período inesquecível da Jovem Guarda.
    Atenciosamente, Vicente J.Rodrigues - Radialista/jornalista (Autor do Blog "Cariré em Revista").

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Vicente
      Quando estava digitalizando e montando o material do Dori Edson, tive a mesma percepção de valor sentimental dessa época.
      Obrigado pelo apoio
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  3. Hedson essa antologia do Dori Edson é ótima.
    E me fez lembrar de uma dupla que quase não se fala, só conhecemos as musicas "você fala demais" e "deixe o tempo passar" é a dupla dos portugueses que fizeram sucesso no Brasil "OS JOVENS" lembra deles? seria ótima uma coletania das musicas deses JOVENS.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Jorge
      Valeu o apoio
      Por coincidência, estou finalizando a coletânea dos Os Jovens, incluindo compactos muitos raros.
      Aguarde em breve.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  4. É, realmente, uma bela antologia! Em meu conhecimento faltaram apenas a 1ª. versão de "Dá o Dedinho" (compacto duplo selo Continental) e o compacto simples de 1974 com "Adeus, Amor, Adeus" e "Volte pra Casa" (selo RGE). As Faixas "Perto dos Olhos, Longe do Coração", "Você é Criança pra Mim", "Você tem que perdoar" e "Seu Adeus", estas já se encontram no seu único LP (selo RGE)(em que se encontra a 2ª versão de "Dá o Dedinho"). Merece, contudo, Parabéns, pela bela idéia.

    ResponderExcluir