2016

2016

quinta-feira, 22 de março de 2012

THE DUKE OF BURLINGTON - FLASH - 2000

Em 1975, ouvi por acaso a música Flash e na época me encantei com o instrumental. A versão que tinha ouvido era do grupo “Os Carbonos”. Ao saber que não era a versão original procurei obter o disco original, que no Brasil foi lançado pela gravadora Musidisc, do produtor Nilo Sérgio. 

Assim, fui saber que a versão original, de 1969, era do The Duke Of Burlington, da Itália, que nada mais era do que o próprio maestro Mario Battaini, que tocava todos os instrumentos de uma orquestra em estúdio.

Mario Battaini nasceu na cidade de Milão, no dia 06/10/1931 e faleceu no dia 26/04/2000. Nos anos 50, iniciou sua carreia de acordeonista, tecladista e posteriormente como multi-instrumentista, arranjador e maestro. 

Nessa fase inicial, tocou na orquestra de Enzo Ceragioli, que era compositor, maestro e músico de jazz, que tocou com Chet Baker.

Seus discos foram lançados pelo selo SAAR Records ou Joker. Usou vários pseudônimos para suas gravações, como por exemplo, Anoub e Lumni (como compositor), Alleroif (como letrista), Batman (normalmente utilizado para a música swing em acordeon), The Duke Of Burlington (para pop psicodélico). Além desses pseudônimos, também utilizou o nome de Gigi Botto e de Freeman Und Ochester (mercado alemão), entre outros.

O grande sucesso internacional veio mesmo, em 1969, como The Duke Of Burlington, que muitos consideravam como uma orquestra, com a música Flash, composta por Leander e Wace, que foi composta para a peça teatral homônima do Marquês de Kensigton, em 1968. 

Além da música Flash, ser inovadora para a época, seu arranjo foi incisivo para gerar a notoriedade, principalmente após ser adotado como trilha sonora da banda Dr. Gibaud Elastic.

Em 1971 e 1976, ele trabalhou respectivamente com Joe Cocker e Orietta Berti, no Festival de San Remo, na Itália. O seu último trabalho foi com Alvaro Amici, realizando uma série de seis CDs, com um total de 60 músicas gravadas para o selo DVMORE, de Milão.

Nesta postagem, apresentamos o álbum lançado em 2000, na Espanha, pela gravadora Wah Wah Records Sounds, contendo uma coletânea de músicas instrumentais, que Mario Battaini gravou como The Duke Of Burlington. 

O grande destaque é a música Flash. Entretanto, as outras músicas do disco também são sensacionais. Vale a pena conhecer... As músicas do álbum são as seguintes:

1. Flash; 
2. Slot machine; 
3. 30, 60, 90; 
4. Viva tirado (Parte 1); 
5. Devi's trillo; 
6. Bourrée; 
7. Soul clap 69; 
8. Criss-cross; 
9. black panther; 
10. Flute for president; 
11. I want you back; 
12. Viva tirado (Parte 2); 
13. LSD (Librae, Solidi, Denarii); 
14. jungle duke.


















Capa Versão Compacto Brasil
Links:

5 comentários:

  1. La PLaya... o nome correto é duke of burlington e o disco é raridade mesmo

    ResponderExcluir
  2. Opss....Erro de digitaçao
    Corrigido
    Obrigado pela dica
    Hedson LaPlaya

    ResponderExcluir
  3. Tem como postar novamente? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. New link com versão melhorada: http://www.mediafire.com/?f4j4q6loh76fb5z

      Excluir
  4. Por Favor, seria possivel reupar? O arquivo foi deletado no mediafire. Grato.

    ResponderExcluir