2016

2016

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

BOBBY SOLO - BOBBY SOLO - 1964

Bobby Solo (Roberto Satti) nasceu em Roma, Italia, no dia 18/03/1945. É conhecido como o Elvis Presley italiano, pela voz potente e suave, capaz de mudar de falsete para graves mais intensos, lembrando em muito o cantor americano.

Tudo começou quando era frequentemente convidade para se apresentar em festas de casas de amigos. Mas a decisão final de seguir a carreira de cantor veio após assistir o filme "Jalhoise Rock and Roll", contracenado por Elvis Presley.

Elvis Presley se torna a sua referência, tanto para o estilo vocal, quanto visual ou até para compor as suas primeiras canções. Seu primeiro contrato ocorreu em 1963, após uma audição para a gravadora Ricordi, de Milão.

No ano de 1964, ele estreou no Festival de San Remo, cantando Una Lacrima Sul Viso, mas em razão de um problema vocal, se obrigou a cantar em "playback", situação incômoda que impediu a sua vitória, por não ser permitida tal forma de apresentação.

A música foi um sucesso mundial, vendendo na época mais de 6 milhões de discos, principalmente na Europa, Japão e América do Sul. A música ainda continua como cartão de visita do cantor. No ano seguinte, com a canção Se Piangi Se Ridi, venceu o mesmo festival e em seguida representou a Italia no Festival Eurovisão da Canção, onde ficou em 5º lugar. Em 1969, retornou ao Festival de San Remo, vencendo com a música Zingara. No todo foram 12 participações no Festival de San Remo.

Nos anos 70, produziu vários discos sem o mesmo brilho anterior e com a chegada do disco music, já no final dos anos 70, viu uma oportunidade de retorno ao sucesso. Em 1978, assinou contrato com a  gravadora EMI e lançou o álbum “Duty Free”, um tributo a Elvis Presley, na versão disco. Aproveitou o momento e lançou releituras de antigos sucessos, também na versão disco music. A partir de 1984, passou a lançar os seus trabalhos de forma independente, por meio de diversos selos de gravadoras.

Em 2003, foi a sua última apresentação no Festival de San Remo. Podemos afirmar que o carisma e popularidade de Bobby Solo transcende a Itália, tendo gravações em alemão, francês, espanhol, inglês e até japonês.
Nesta postagem apresentamos o primeiro álbum lançado no Brasil, no ano de 1964, pela gravadora Chantecler, contendo os grandes sucessos Una Lacrima Sul Viso e Credi a Me.  O disco contém as seguintes músicas:
1. Una lacrima sul viso; 
2. Ora che sei gia'una donna; 
3. Non ne posso piu'; 
4. Blu é blue; 
5. Valeria; 
6. Non cercare scuse; 
7. Credi a me; 
8. Le cose che non ho; 
9. Troppe volte; 
10. Qualcosa restera'; 
11. Non chiedermi nulla; 
12. Ha, ha, ha.







Versão ContraCapa Versão Brasil








Versão ContraCapa Versão Italia








Compacto Duplo Versão Italia






or

2 comentários: