2016

2016

domingo, 14 de abril de 2013

FÓRMULA 7 - SOM PSICODÉLICO - VOLUME 1 - 1968


Apesar de já ter sido postado anteriormente na rede e pelo fato de que muitas dessas postagens já não permitem o acesso ao material, achei interessante repostar o álbum do grupo Fórmula 7, volume 1, editado no Brasil, em 1968, pela gravadora Odeon, com o selo (label) Parlophone Nova Fase.

O Fórmula 7 foi um grupo muito conhecido e respeitado especificamente no meio musical do Rio de Janeiro, principalmente no período de 1965 a 1968. Sua formação foi composta por músicos com influência de jazz, tendo na primeira formação, Cláudio Caribé (bateria), Sérgio Herval (trompete), Gerson Ferreira (saxofonista), Helio Celso (tecladista) e o maestro Nelsinho (trombonista).

Na sequência do grupo, a formação se alterou, com Hugo Bellard (maestro) assumiu os teclados. Pedrinho foi para a bateria. Nessa formação o grupo diminuiu o número de trompetes, passando a buscar o estilo “Soul Music” e agregando um vocalista. Já nessa fase a formação era Marcio Montarroyos (trompete), Sérgio Herval (trompete), Hugo Bellard (teclado), Luizão Maia (baixo), Pedrinho (bateria), João Luis (guitarra) e Gerson King ou Betinho como vocalistas. Outro nome que também participou do grupo foi Hélio Delmiro. O grupo também tocava no estilo “Tijuana Brass”, do grupo de Herb Alpert, que fazia muito sucesso nos Estados Unidos.

O Fórmula 7 se apresentava para um público mais sofisticado da Zona Sul do Rio de Janeiro, apesar de também tocar em outras regiões. Destacava-se por um repertório que contemplava as obras de Stevie Wonder, O.C, Smith, James Brown, Kool and The Gang, The Beatles e outros similares que apontassem nas paradas, porém sempre procurava incluir uma releitura com arranjos próprios.

O Fórmula 7m gravou apenas três álbuns, sendo que o primeiro o blog LaPlayaMusic está compartilhando. As músicas desse disco são:

1. Watermellon man;
2. Pata pata;
3. Ponteio;
4. Call me;
5. Bond street;
6. Simplesmente;
7. Suck um up;
8. You only live twice;
9. Alegria, alegria;
10. Rossana;
11. I’m believer;
12. Batman.














 Links:


6 comentários:

  1. Cláudio Caribé era o baterista de Renato & seus Blue Caps, à época de sua contratação pela CBS. Ele, inclusive, encontra-se na capa do disco de estréia do conjunto naquele selo [Compacto duplo c/ "Vera Lúcia", "Bigorrilho", "We like Birdland" e "Noturno em Si Bemol (Nocturn B-Moll")].

    ResponderExcluir
  2. Quero dizer, Noturno em Mi Bemol (Nocturn B-Moll).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Druca
      Valeu pela informação.
      obrigado
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  3. Sou carioca, 74, radicado em Manaus (AM) e saudosista dos anos 60. Tive esses três LPs mas o destino os tomou de mim. Se alguém tiover esses três LPs (Som Psicodélico Fórmula 7 volumes 1, 2 e 3) e aceitar desfazer-se deles, favor contatar com EDUARDO, e-mail... eadem@ig.com.br e celular 92-9-9151-5477 e agradeço sinceramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica a solicitação do Eduardo. Quem tiver e estiver interessado em vendê-los é só contatar
      Hedson LaPlaya

      Excluir