2016

2016

domingo, 12 de maio de 2013

LAFAYETTE - APRESENTA OS SUCESSOS - VOLUME 7 - 1969

Incluindo o nosso blog, inúmeros álbuns da discografia do instrumentista Lafayette já foram postados em vários blogs. Entretanto, ainda faltam alguns para completar toda a série de discos que ele lançou.

Outro ponto a destacar é que alguns dos já postados estão incompletos, sem o material gráfico (Capa, Contracapa e Label). Outros foram digitalizados em alta compactação, o que limita um pouco a qualidade do áudio, principalmente se considerarmos que nem sempre se obtém material de boa qualidade.

Assim, dentro desse contexto, estamos compartilhando um álbum que já foi postado em vários blogs, porém, com a proposta de melhoria do material a ser disponibilizado. Trata-se do Volume 7, intitulado "Lafayette Apresenta os Sucesso", lançado no Brasil em 1969, pela gravadora CBS, com o selo (label) Entré. Para saber um pouco mais sobre Lafayette, veja nossas postagens anteriores. A seguir as músicas que compõem o disco:
1. Mrs. Robinson
2. Zucchero
3. Correnteza
4. First of may
5. Soulfrut strut
6. Tudo que é bom dura pouco
7. Meu guarda chuva
8. Il compleanno
9. Love (Can make you happy)
10. I've been hurt
11. Ma che freddo fa
12. Sentado à beira do caminho













Links:


10 comentários:

  1. Prezado amigo,
    Antes de mais nada, parabéns pelo seu valioso trabalho. É incompreensível que a discografia em CD oficial do Lafayette seja mínima.
    Gostaria de lhe fazer uma consulta. Quando baixei esse vol 7, não vieram as músicas 10 e 11.Fiz até outra tentativa, com a segunda das duas opcões que você oferece, mas aconteceu a mesma coisa.Será que você poderia verificar?
    Desde já agradecido,
    Luiz Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Fernando
      Obrigado pelo apoio ao blog e por informar o problema no link. Já estão disponíveis mais tres novos links.
      Concordo com você, no que se refere ao não lançamento da discografia oficial de Lafayette em formato CD. Há uma grande lacuna, já que o que foi lançado se restringiu em duas coletâneas nacionais e uma lançada em 2008 fora do país. Se considerarmos o papel dele na Jovem Guarda, isso é incompreensível.
      Mas enquanto isso não acontece, vamos resgatando no nosso blog. Já foram 16 postagens de discos oficiais e uma compilação de interpretações de Roberto e Erasmo Carlos, volume 2, preparada pelo blog LaPlayaMusic.
      Um abraço
      Hedson Laplaya

      Excluir
  2. Prezado Hedson,
    Muito obrigado pelo retorno e pelos novos links para o Vol 7.
    Quanto aos CDs oficiais do Lafayette, na realidade foram lançados 4 no Brasil, a saber:
    Série 20 Super Sucessos - Interpreta R. Carlos - Polydisc
    Série Super Sucessos - Internacional - Polydisc
    Apresenta os Sucessos - Série Autêntico - Sony
    O Eterno Rei Dos Bailes - Série Brasil Popular - Sony
    Quanto ao CD lançado em 2008 fora do País, não sabia. Você poderia me dar mais detalhes (Título e País)?
    Um abraço, Luiz Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiz Fernando
      Obrigado pelas suas informações complementares e pelo apoio ao nosso blog.
      Dos que você citou eu não conheço os discos "Apresenta os Sucessos - Série Autêntico Sony" e "o Eterno Rei dos Bailes - Série Brasil Popular Sony". A seleção das músicas desse dois discos são diferentes?
      Eu acabei confundindo o ano de lançamento do CD lançado fora. Não foi 2008 e sim 1996, pela Sony Music, da Argentina, em uma edição com material gráfico pobre. Vou postar no blog.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  3. Oi Hedson,
    Obrigado pelo retorno e a informação sobre o CD lançado na Argentina.
    A seleção das músicas dos dois discos é totalmente diferente. O da série Autêntico tem 13 músicas ( Ilegal, Imoral ou Engorda;Os Seus Botões; Dance Little Lady Dance; Fim de Tarde; This Time I'll be Sweeter; Preciso Chamar Sua Atenção; Theme From S.W.A.T.; My Life; O Progresso; Um jeito Estúpido de Amar; Because I Love You Girl; Nem Ouro Nem Prata; Those Shadows ) e o Eterno Rei dos Bailes tem 14 músicas ( Yesterday; Michelle; Only You; Hey Girl; Café da Manhã; Força Estranha; Estou Completamente Apaixonada; À Janela...; Detalhes; Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos; Quero Que Vá Tudo Pro Inferno; Vivendo Por Viver; Fé; Lady Laura ).
    Um abraço,
    Luiz Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas informações, que contribui para que se conheça um pouco mais dos lançamentos que ocorreram.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  4. O motivo desse tesouro gravado em disco não estar disponível deve-se principalmente para o litígio do músico com a gravadora CBS/agora Sony, que se arrasta há muitos anos. Nos anos 60, 70 Lafa fazia de tudo na gravadora, inclusive nas séries orquestrais de vários selos, tirando a pauta no calor da hora e na perna, coisa de envergonhar qualquer músico que se diga "erudito". E um trabalho desses não tem preço. Ele toca até hoje em Shoppings por que nunca foi recompensado à altura.
    Outro ponto diz respeito à música brasileira e seus ouvintes, que não encontram nenhum defeito em discos bate-estaca descartáveis como os de César Camargo Mariano (eu já tive a coleção e falo com conhecimento de causa), ou tudo que diga respeito a samba e bossa, mas não reconhecem o valor desse músico. Ora, num país como este, cuja música decaiu tanto ou é tão repetitiva nos discos típicos, exemplos como o dele deveriam ser vistos pelo menos com respeito. Mas não é isso que ocorre. Lafayette é outro mundo, outro planeta, a síntese de momentos distantes que acabaram menos dentro de nós, nós temos que nos acostumar com isso e não termos ilusões sobre o reconhecimento tupiniquim de modo geral.

    (Para pensar: um resenhista de uma revista, ao comentar o disco RC Em Ritmo de Aventura disse que apenas o solo de órgão de algumas músicas já valia o disco. Então, quanto vale a discografia de Lafayette?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devido a ganância, ignorância e falta de bom senso de uns e outros, toda essa obra fica no limbo. Felizmente há blogs como o LaPlayaMusic, que vem resgatando esse material, mesmo com limitações na qualidade de aúdio, já que ninguém aqui é profissional. Acredito que esse grande artista, que é o Lafayette só será lembrado algum dia, quando já estiver morto. É uma pena...

      Excluir
  5. Hedson, obrigada por compartilhar conosco a obra de Lafayette cresci ouvindo suas músicas, meu pai no auge dos seus 73 anos é amante da obra dele, e me pediu pra procurar o volume 7 pra gravar em cd.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara
      Fico feliz que o nosso blog está contribuindo para a felicidade do seu pai. Como pode verificar postamos a maioria dos albuns que compõem a discografia de Lafayette, Ainda faltam alguns, mas são são poucos. Aproveite.
      Hedson LaPlaya

      Excluir