2016

2016

domingo, 30 de junho de 2013

ALMANAQUE DA RÁDIO NACIONAL - LIVRO - 2007


Como já mencionado em postagens anteriores, a história da música brasileira é pouco pesquisada e registrada em livros. Felizmente a partir dos anos 2000, houve um acréscimo de obras que resgatam um pouco dessa história. Se compararmos com outros países nossa cultura a respeito deixa a desejar.

Sempre que posso venho adquirindo e lendo os livros a respeito. Dentro desse espírito de conhecer um pouco mais dessa história, me deparei com um livro muito interessante e importante, que relata um pouco sobre a história da rádio brasileira, focando principalmente a glamorosa e memorável Radio Nacional.

O livro em questão é a obra intitulada “Almanaque Rádio Nacional”, lançada em 2007, pela Editora Casa da Palavra, de autoria de Ronaldo Conde Aguiar. Conforme consta na sinopse do livro, a obra pretende ser o túnel do tempo da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, em forma de livro e disco em formato Compact Disc – CD.

Nele são descritos vários momentos da rádio, menciona as rainhas do rádio, tais como Marlene, Emilinha Borba, Dalva de Oliveira, incluindo o seus famosos narradores e radioatores que tiveram as suas vozes celebrizadas em programas, tais como, “O Direito de Nascer”, “Jerônimo o Herói do Sertão”, “O Sombra”, entre outros. Também, cita os programas de auditório e humorísticos onde foram revelados grandes artistas brasileiros. Alguns desses programas famosos foram a “PRK30”, “Balança Mas Não Cai”, que depois virou programa de televisão, “Tancredo e Trancado”, entre outros.

Dos ídolos criados podemos citar o grande e majestoso rei da voz, Francisco Alves, o eterno Luis Gonzaga, Orlando Silva, sem contar com os comunicadores, César de Alencar, Paulo Gracindo e outros citados no livro.

Ao ler esse livro, “Almanaque da Rádio Nacional”, em suas páginas e ouvir as 33 faixas de áudio (aberturas, trechos e vinhetas dos programas mais memoráveis), é possível se transportar àquela época áurea e fascinante da música brasileira e ter uma ideia do que foi a Era do Rádio. 

Recomendo a aquisição do livro, pois é uma obra para se guardar, no formato impresso.
As faixas de áudio são as seguintes:

1. Quando Canta o Brasil;
2. Noite de Estrelas (abertura);
3. Noite de Estrelas (encerramento);
4. Rádio Melodias Pond’s;
5. Um Milhão de Melodias (abertura);
6. Um Milhão de Melodias ( (encerramento);
7. Programa César de Alencar;
8. Gente que Brilha (abertura);
9. Gente que Brilha (encerramento);
10. Canção da lembrança;
11. Alvarenga e Ranchinho (abertura);
12. Alvarenga e Ranchinho (encerramento);
13. Cancioneiro do Leite de Rosas;
14. Curiosidades Musicais;
15. Dicionário Toddy;
16. Alma do Sertão;
17. Cancioneiro Royal – No mundo do baião (abertura);
18. Cancioneiro Royal – No mundo do baião (encerramento);
19. A Felicidade Bate a sua Porta;
20. Nada Além de Dois Minutos;
21. Jerônimo o Herói do Sertão;
22. A Vida de Nosso Senhor Jesus Cristo;
23. Rádio Almanaque Kolynos;
24. O Sombra (spot);
25. Edifício Balança Mas Não Cai (abertura);
26. Edifício Balança Mas Não Cai (encerramento);
27. PRK-30 (abertura);
28. Tancredo e Tancrado;
29. No Mundo da Bola;
30. Revista Old Parr (abertura);
31. Revista Old Parr (encerramento);
32. Honra ao Mérito;
33. Repórter Esso.




 














 Links:

 2007

2 comentários: