2016

2016

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

HELIO MENDES - E SEU TRIO VAGALUME - NA BOSSA - 1963

Há álbuns que foram gravados, são bons e infelizmente não tiveram maiores oportunidades de divulgação. É claro que devemos considerar que sendo um disco instrumental, a dificuldade acaba sendo maior, devido a resistência do público para essas obras. 

Um desses discos, cito o álbum denominado "Na Bossa", do pianista Helio Mendes e seu Trio Vagalume, que era composto poe Mauricio Oliveira (guitarra), Betinho (bateria) e Edilio (baixo). Foi lançado em 1963, pela desconhecida gravadora chamada Representações Sul Americana de Discos, com o selo (label) Musiplay. Posteriormente, o trio virou um conjunto, com a incorporação de Cícero Ferreira (trumpete), Moacyr Barros (sax e clarinete), Marinho (acordeão) e Moacyr Lima (percussão).

Há poucas informações sobre o pianista e organista Helio Mendes. Mas seu estilo se aproxima da forma interpretativa de Walter Wanderley. Espero que os amigos do blog possam contribuir com mais informações e assim possamos incluí-las aqui na postagem.

Nesta postagem compartilhamos o resgate do álbum "Na Bossa", apesar das limitações da qualidade do áudio, em decorrência das condições do material obtido. Contém as seguintes músicas:

1. Mas que nada;
2. Menina feia;
3. Vagamente;
4. Influência do jazz;
5. Moça flor;
6. Vai de vez;
7. O sapo;
8. Bossa na praia;
9. Balãozinho;
10. Amor de nada;
11. Ela é carioca;
12. Rio.











Links:


Nenhum comentário:

Postar um comentário