2016

2016

terça-feira, 20 de maio de 2014

BOBBY SHERMAN - LITTLE WOMAN - 1969

Desta vez vou resgatar um compacto simples do cantor, ator e compositor americano Bobby Sherman. Mas antes, preciso divulgar e elogiar os blogs que recém tomei conhecimento, que tem focado exclusivamente o resgate de discos de vinyl, no formato compacto simples e duplo. Estou me referindo aos blogs do Samuel e do Fernando Moreira. Vale a pena acompanhá-los, pois tem muita coisa legal.

Agora quanto a nossa postagem, vamos saber um pouco mais sobre Robert Cabot "Bobby" Sherman, Jr., que nasceu em 22 julho de 1943 e foi um ídolo da juventude, no final dos anos 1960 e início dos anos 1970.

Era formado na Birmingham High School, em Van Nuys, Califórnia e seu gosto pela música começou aos 11 anos, quando aprendeu a tocar trumpete e chegando a tocar até 16 instrumentos musicais. Além de jogar futebol na Birmingham Hight School, se juntou a um grupo de dança e descobriu sua paixão em cantar, tendo a certeza que queria ser um artista, mas não sabia como tornar isso realidade.

Em 1962, o músico Sal Mineo teve Sherman sob sua proteção e escreveu duas músicas para ele, bem como orientou na gravação de músicas. Em 1964, quando foi convidado por Mineo para cantar com sua antiga banda em uma festa de Hollywood (onde havia muitos atores e agentes presentes), proporcionou uma bela impressão que chegou a ser convidado por um agente para participar de um programa na televisão ABC, Shindig!,  como cantor membro regular do elenco do programa. O show durou por dois anos, de 1964 a 1966.

Durante esse tempo, Bobby fez vários registros com a Decca e em outro selo de menor visibilidade, aparecendo em todas as revistas para adolescentes, porém sem conseguir dar o salto esperado na sua carreira. A sorte de Bobby Sherman mudou drasticamente,  no início de 1968, quando, a partir de centenas de atores, ele foi escalado para o papel do tímido e gago, Jeremy Bolt, na série de televisão “Here Come the Brides” (1968-1970 ABC), com Bridget Hanley e seu par romântico, Candy Pruitt . O elenco inclui Robert Brown , David Soul , e Joan Blondell. Ele conseguiu se tornar uma das estrelas do show, bem como um ídolo teen amado no mundo inteiro.

Bobby Sherman também apareceu em um episódio de The Monkees intitulado "Monkees At the Movies", desempenhando um pomposo surfista / cantor chamado Frankie Catalina ao estilo de Frankie Avalon, tocando a música The New Girl in School.

Em sua discografia, Bobby Sherman obteve sete singles de ouro, uma única platina e cinco discos long playing de ouro. Ele teve na carreira um total de sete top 40 hits. Em 1969, seu primeiro single ouro, Little Woman, tornou-se muito popular, alcançando a posição #3, na Billboard Hot 100 chart (#2 no Canadá), passando nove semanas no Top 20.

Com esse single, Little Woman, ele vendeu mais de um milhão de cópias e foi premiado com um ouro da RIAA, em outubro de 1969 . Seus outros sucessos foram Julie - Do Ya Love Me (EUA #5) (Canadá #3) (Austrália #3), Easy Come, Easy Go (EUA #9) (Canadá #6), Jennifer (EUA #60) (Canadá #32), La , La , La (EUA #9) (Canadá n º7 ) e The Drum (EUA #29) (Canadá #7). Algumas dessas canções foram produzidas por Jackie Mills, um produtor musical de Hollywood.

Sherman foi um integrante regular do elenco do programa de televisão Sanchez de Bel Air , em 1986. Em 1998, após uma ausência de 25 anos, os fãs ansiosos se reuniram para vê-lo no "The Teen Idol Tour", que contou com a participação de Peter Noone e Davy Jones (The Monkees).
Ele fez o seu último show como artista solo em Lincoln, RI, no dia 25 de agosto de 2001. Bobby se aposentou da vida pública, mas ocasionalmente faz eventos corporativos e para instituições de caridade.

Devido a gravadora Metromedia ter encerrado suas atividades em 1986, Bobby Sherman nunca recebeu oficialmente o seu disco de platina, pela música Julie Do Ya Love Me. Isso só foi a acontecer no verão de 2010.

Bobby Sherman lançou 107 músicas em 23 singles e 10 álbuns entre 1962-1976.

Fonte: wikipedia, maio/2014

Nesta postagem, apresentamos o disco compacto simples, lançado no Brasil em 1969, pela gravadora Continental, com o selo (label) Metromedia Records e continha no lado A, um dos maiores sucessos do cantor, a música Little woman

Lado A
1. Little woman; 

Lado B
2. One too many mornings.


















Links:



Nenhum comentário:

Postar um comentário