2016

2016

sábado, 24 de maio de 2014

MASON WILLIAMS - CLASSICAL GAS - 1971

Existem canções que, de uma forma ou de outra, nos marcam. Muitas vezes sem ter algo ligado a ela. Comigo não é diferente. Assim acontece quando ouço a canção instrumental Classical Gas, independente da interpretação. Pode ser o original com Mason Williams, ou no violino com Vanessa Mae ou mesmo no estilo guitarra dos The Ventures. 

Nesta postagem resgato essa canção e um pouco de informação do seu compositor. O guitarrista e compositor americano, Mason Williams, conhecido pela sucesso da música instrumental Classical Gas,  nasceu em 24 de agosto de 1938, na cidade de Abilene , Texas.

Ele também é um escritor de comédia , conhecido por seus escritos sobre a Smothers Brothers Comedy Hour, The Glen Campbell Goodtime Hour e Saturday Night Live. Ele também é um poeta eclético e letrista que já publicou vários livros.

Ele cresceu dividindo seu tempo entre a viver com seu pai em Oklahoma e sua mãe, em Oak Ridge, Oregon. Se formou Northwest Classen High School, em Oklahoma City, no ano de 1956. Foi em Oklahoma que ele começou sua amizade ao longo da vida com o artista Edward Ruscha.

Em 1968, Mason Williams ganhou três prêmios Grammy por seu violão instrumental  em Classical Gas. Junto com Nancy Ames, em 1968, escreveu a canção Cinderela Rockefella , que foi um hit número um para Esther e Abi Ofarim, no Reino Unido.

Em 1970 , Williams fez uma aparição na televisão em um show de variedades, chamado “Just Friends”, que reuniu frequentadores de The Smothers Brothers Comedy Hour. Para criar um elemento visual para seu desempenho, ele usou uma guitarra clássica, construída em plexiglass construído especialmente para ele, por Billy Cheatwood e um designer da American Broadcasting Company - ABC.

Nessa ocasião, de forma inusitada, encheu a guitarra com água e acrescentou um par de peixinhos. Ele então usou a guitarra para tocar o seu maior hit Classical Gas. Essa canção ganhou três Grammys, como melhor instrumental, performance e arranjo, vendendo mais de um milhão de cópias e sendo também premiado com um disco de ouro.

Williams gravou mais de uma dezena de álbuns, cinco no selo (label) Warner Bros e outros por outras gravadoras e escreveu músicas para diversos artistas, tais como Kings Trio, Glen Campbell, Petula Clark, Andy Williams, Dinah Shore, entre outros.

Em 1987, se reuniu com o grupo Mannheim Steamroller para lançar um novo álbum, no selo (label) Gramaphone. O álbum, intitulado Classical Gas , incluiu esse “remake” da canção de 1968. Outra faixa desse álbum foi Country Idyll, que foi indicado em 1988, para o Grammy na categoria de música country, melhor performance instrumental por um solista ou grupo. Em 1991, esse mesmo disco ganhou o disco de ouro.

Nos anos seguintes Mason Williams manteve a rotina de apresentações em vários eventos musicais ou até em programas de televisão, principalmente comédias. Suas composições estiveram em trilhas sonoras de filmes, tais como "The Story of Us", "Cheaper by the Dozen", "The Dish", "The Heidi Chronicles", "Heartbreakers" e da série de televisão "Os Sopranos", além de especiais de TV. Além de compositor atuou também como escritor e roteirista de comédias estilo "stand up".

Nesta postagem, apresentamos o disco compacto duplo, lançado nos USA em 1971, pela Warner Bros Records, com as seguintes canções:

Lado A:
1. Classical Gas;
2. Long time blues

Lado B:
3. Baroque-A-Nova;
4. Wanderlove.




















Links:



Nenhum comentário:

Postar um comentário