2016

2016

quarta-feira, 11 de junho de 2014

AMOR DECLAMADO - COLETÂNEA NACIONAL - 2013

Aproveitando a semana dos dias dos namorados, compartilho um disco que obtive em uma das minhas viagens a trabalho. Daqueles que se obtém em postos de gasolinas e churrascarias de beira de estrada. 

Mas o que mais me chamou atenção nesse disco é que a sua compilação resgata registros, até então não agrupados, de canções declamadas, fato muito comum e tocada intensamente nas rádios que detinham programas populares, lá nos anos 1970. 

Nessa época vários atores e cantores declamaram palavras de amor que retratavam as paixões, pensamentos, desilusões e perdas. Certamente, muitas pessoas tiveram empatia com essas canções ao viver os seus amores e paixões. Nesta seleção é possível ouvir: Cid Moreira, Barros de Alencar, Francisco Cuoco, Tarcísio Meira, Roberto Barreiros, Jerry Adriani, Gilberto Reis, George Freedman, Amado Batista, Eli Correa, Moacyr Franco, Altieres Barbiero e até Roberto Carlos.

O disco denominado "Amor Declamado", foi gravado em 2013, pela  CD4, de Caucaia, Ceará, sob licença da Master Som Records. Contém as seguintes músicas:

1. Desiderata (Cid Moreira);
2. Soleado (Francisco Cuoco);
3. Amar é viver (Altieres Barbiero);
4. Não tenho culpa de gostar de você (Gilberto Reis);
5. O reencontro (Tarcício Meira);
6. Ainda gosto muito de você (Roberto Barreiros);
7. Não quero ver você triste (Roberto Carlos);
8. Noites (Barros de Alencar);
9. Por teu amor (Jerry Adriani)
10. Patrick meu amor (Marcos D. / Maria Izabel de Lizandra);
11. Correio Sentimental (George Freedman);
12. Pensando em você (Amado Batista);
13. Prometemos não chorar (Barros de Alencar);
14. Meu amor - Monia (Barros de Alencar);
15. O rompimento (Tarcísio Meira);
16. Patricia (Moacyr Franco);
17. 120...150...200 km por hora (Roberto Carlos);
18. Amor, meu grande amor (Eli Correa);
19. Eu gosto tanto de você sabia (Roberto Barreiros);
20. Gosto que me falem de amor (Cid Moreira);
21. Estou apaixonado por você (Eli Corrêa);
22. Apenas 3 minutos (Barros de Alencar).











Links:

Um comentário:

  1. Olá, Hedson, acompanho, de forma sazonal teu blog, e, hoje, descobri este disco. Indisponível, infelizmente... É possível reupar? Obrigado e forte abraço.

    ResponderExcluir