2017

2017

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

BILLY VAUGHN - MELODIES IN GOLD - 1957

Nesta postagem, eu compartilho o álbum "Melodies In Gold", da Orquestra de Billy Vaughn, que recebi do grande amigo Eldo Bastos, que gentilmente me presenteou essa e outras preciosidades que pretendo compartilhar no blog. 

Posso afirmar que são pouquíssimas as pessoas generosas que contribuem com o blog e assim nos ajudam a ter mais disponibilidade de material para postagens. Deixo aqui o meu muito obrigado.

Este belo álbum já foi postado anteriormente por outros blogs. Entretanto, resolvi reapresentá-lo, incluindo mais informações a respeito do disco. Aqui mostramos o material gráfico das variações lançadas nos Estados Unidos e Brasil. O que chama atenção é que a capa da versão brasileira tem, praticamente, a mesma capa de outra edição, também lançada no Brasil, intitulada "Look For a Star". 

Em minha opinião, considero esses álbuns lançados no final dos anos 1950, bem melhores do que aqueles mais conhecidos comercialmente, no final dos anos 1960.

A primeira versão americana foi lançada nos Estados Unidos, em 1957, com o selo (label)  Dot, enquanto que a versão brasileira foi lançada em 1968, pela gravadora RGE/Fermata, com o selo Premier.

As músicas que compõem o disco são as seguintes:

1. Smoke gets in your eyes;
2. Indian love call;
3. Dream;
4. Sweet and lovely;
5. Time on my hands;
6. Night and day;
7. I'm in the mood for love;
8. My melancholy baby;
9. Moonglow;
10. Intermezzo;
11. I'll get by;
12. Stardust.






Front - Edição USA




Back - Edição USA




Label - Edição USA




Front - Edição Alternativa USA



Back - Edição Alternativa USA





Front - Edição Brasil




Back - Edição Brasil




Label - Edição Brasil


Links:







3 comentários:

  1. Disco De Ouro...

    De Billy Vaughn? LA PALOMA! Conservo exemplar intacto, talvez da 1a. edição/versão Stereo.
    Quanto grandes sucessos como: Theme From A Summer Place, Patricia, Tracy Theme, Come
    September. Aliás, saindo gravação original "La Paloma" aumentada com toques breves iniciais
    (marcação). Ocorrido também em "Não"/Wanderléa (CDs). Sendo deveras homenageado ainda
    pela rápida Orquestra (Estúdio?) nos próprios: Título (L. Paloma) à Fábrica. Curiosidades mais.
    Diga-se de passagem, o Maestro continua parelha com Ray Conniff nas maiores discotecas!

    AM Fortaleza-CE

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, antes de tudo quero agradecer a sua disponibilidade e generosidade por este blog, nota-se a qualidade seja a nível de apresentação, do trabalho exterior ao disco, e a excelência da listagem geral. É de uma profundidade algumas descobertas que nunca alguma vez imaginei, só a título de exemplo " O Disco de Ray Conniff - Plays Manuel Alejandro de 1989" foi praticamente este compositor que escreveu grande parte das letras para o cantor Espanhol Raphael.
    Por fim dizer-lhe que nota-se a sensibilidade ao nível dos gostos e mesmo na parte das opiniões de quem comenta. Um trabalho fabulásticoooooooooooooo.

    Saudações musicólogas.

    Funchal / Madeira - Portugal

    JMAbreu

    ResponderExcluir
  3. Could you re-post this please! Love the covers btw.

    ResponderExcluir