2016

2016

terça-feira, 3 de novembro de 2015

JOVEM GUARDA REMIX - 2001

Em comemoração aos 50 anos do movimento Jovem Guarda e para o amigo Carlos Santos, do blog  http://musicasdosanos60.blogspot.pt/, apresentamos um álbum mais contemporâneo, lançado no Brasil em 2001, pela gravadora Universal, com o selo (label) Polydor. 

Trata-se do disco "Jovem Guarda Remix", contendo faixas com três canções cada uma, compiladas com arranjos modernos dos sucessos daquela época, porém com artistas que vivenciaram aquele momento. A maioria das músicas são interpretadas pelos seus respectivos artistas daquela década. 

No entanto, neste álbum, há 7 canções que surgiram na fase de pré Jovem Guarda e não exatamente no movimento, tais como , Estúpido cupido, Banho de lua, Biquini de bolinha amarelinha, O ritmo da chuva, Diana, Lacinhos cor de rosa e Broto Legal. Outra curiosidade é a canção O calhambeque cantada por Caetano Veloso, artista que não pertenceu a Jovem Guarda e sim ao movimento Tropicália.

Certamente, nessa compilação a grande ausência é Roberto Carlos e suas canções. Acredito que isso não ocorreu  devido a questões contratuais de gravadoras, já que ele tem contrato com o selo CBS, enquanto que esta seleção pertence ao selo Polydor.

Espero que gostem dessa montagem. As canções remixadas do disco e seus respectivos intérpretes são as seguintes:

Faixa 1:
Estúpido cupido (Cleide Alves);
Banho de lua (Silvinha);
Biquíni de bolinha amarelinha (Ed Wilson)

Faixa 2:
Era um garoto que amava os Beatles e Rolling Stones (Os Incríveis);
Aí de mim (Golden Boys);
Veja se me esquece (Dori Edson);

Faixa 3:
Vá embora daqui (Marcos Roberto);
Esqueça (Golden Boys);
O caderninho (Erasmo Carlos);

Faixa 4:
A pobreza (Leno);
Última canção (Martinha);
Ternura (Wanderléia);

Faixa 5:
O ritmo da chuva (Leno);
Querida (Jerry Adriani);
Devolva-me (Lilian & Ed Wilson);

Faixa 6: 
Pobre menina (Lilian & Ed Wilson);
Coração de papel (Sérgio Reis);
Diana (Carlos Gonzaga);

Faixa 7: 
O passo do elefantinho (Trio Esperança);
Gasparzinho (Trio Esperança);
O escândalo (Renato e Seus Blue Caps);

Faixa 8:
Doce de coco (Wanderley Cardoso);
Doce, doce amor (Jerry Adriani);
Pensando nela (Golden Boys);

Faixa 9:
O bom (Eduardo Araújo);
Vem quente que estou fervendo (Erasmo Carlos);
Splish, splash (Silvinha);

Faixa 10:
O Calhambeque (Caetano Veloso);
Lacinhos cor de rosa (Lilian);
Broto Legal (Jerry Adriani).
 

















Links:







4 comentários:

  1. Antonio Magalhães4 de novembro de 2015 03:31

    Apreciativa abertura disseminando fases: Pioneira ("Inesquecível")/Jovem Guarda/Tropicália!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Antonio
      Você tem razão...
      Foi um fase inesquecível da musica brasileira em todos os estilos.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  2. jose mauricio- MACEIO- AL. um som diferente do que estamos acostumados a ouvir da jovem guarda , mas ficou gostoso de curtir, bom balanco e tudo mais valeu seu HEDSON. abracao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi José Mauricio
      valeu o apoio.
      Um abraço
      Hedson LaPlaya

      Excluir