2016

2016

sexta-feira, 12 de abril de 2013

HERB ALPERT e THE TIJUANA BRASS - GREATEST HITS - 2011

Uma das minhas manias é preparar seleções e compilações das minhas preferências musicais para ouvir em viagens ou em dias de trabalho. Muitas vezes amigos até me solicitam cópias personalizadas. Em 2011, ocorreu um caso assim. Antecendo uma viagem de carro, preparei uma seleção de 31 músicas que eu mais gostava da espetacular banda Herb Alpert e The Tijuana Brass, que venho curtindo desde 1975.

E é justamente essa coletânea que resolvi compartilhar com os amigos do blog e fãs desse grupo. Escolhi somente as canções da fase da banda The Tijuana Brass e não inclui aquelas da fase de carreira solo de Herb Alpert. Mas para completar esta postagem, acho interessante comentar um pouco sobre Herb Alpert e The Tijuana Brass.

Herbert “Herb” Alpert é um músico e compositor norte americano, nascido em Los Angeles (Califórnia/USA), no dia 31/março/1935. Foi fundador e executivo da gravadora A&M Records, empresa fundada ele e pelo sócio Jerry Moss, que depois foi vendida para a gravadora Polygram.
Desde a infância já vinha demonstrando a aptidão musical, influenciado pelo pai alfaiate, mas que nas horas de folga tocava bandolim e pela sua mãe que lhe ensinou violino. Além disso, seu irmão mais velho era um baterista talentoso.

Herb Alpert começou a ter aulas de trompete com a idade de oito anos e na sua adolescência tocou em bailes locais. Após passagem pelo exército, a partir de 1952, iniciou a sua carreira musical. Em 1956, esteve sem receber os créditos, como baterista, no filme “Os Dez Mandamentos”. Da mesma forma, em 1962, atuou no filme “Mr. Hobbs Takes a Vacation”, tocando e fazendo um solo na banda de baile que aparecia no filme.

Em 1957, iniciou uma parceria com Rob Weerts, na Keen Records. Uma série de canções seriam lançadas pela dupla durante dois anos seguintes, com sucesso e sendo listadas entre as 20 Top Hits, que incluía as canções Baby Talk, cantada pela dupla Jan and Dean, Wonderful World, de Sam Cooke e Alley-Oop, interpretada por The Hollywood e Argyles, com Dante. Após esse início, Herb Alpert se lançou como vocalista na gravadora RCA Records.

Posteriormente, já como dirigente da gravadora Alpert & Moss Carnaval, lançou o primeiro registro musical com a canção Tell it the Birds. Após constatar que já havia o uso do nome Carnaval, a gravadora passou a se chamar A&M Records.

O envolvimento com a orquestra Tijuana Brass e influência sonora mexicana se iniciou por ocasião de sua ida ao México, após ouvir uma banda de “Mariachi” durante uma tourada. Após essa experiência da tourada, ao ver a manifestação da multidão, sentiu que precisava manifestar de alguma forma esse sentimento. Herb Alpert conseguiu como poucos introduzir o som desse ambiente em sua música. Isso ficou evidente ao ouvirmos a canção The Bull Lonely, que inicialmente não tinha esse nome, se chamando Twinkle Star.

No ano de 1962, ele próprio financiou a gravação do álbum de “Herb Albert e Tijuana Brass” que continha a canção The Bull Lonely e distribuiu para os DJ’s das rádios, estourando nas paradas americanas, ficando entre as Top Ten. Foi o primeiro álbum no formato Long Playing – LP da gravadora A&M, apesar de ter sido gravado na Conway Records.

Os anos de 1964 e 1965, a demanda por em shows e aparições em programas televisivos foi muito intenso para Herb Alpert. A banda Tijuana Brass estreou em 1965 e se tornou uma das bandas mais bem pagas da época. Poror curiosidade não tinha integrante hispânico. A formação da banda era composta por John Pisano (guitarra elétrica), Lou Pagani (piano), Nick Ceroli (bateria), Pat Senatore (baixo), Toni Kalash (trompete), Herb Alpert (trompete e vocal) e Bob Edmondson (trombone).

O sucesso da banda ajudou na ascensão de outros artistas hispânicos, tais como, Criz Montez, Julius Wetcher, Baja Marimba Band e The Sandpipers e principalmente o crescimento da gravadora A&M.
Em decorrência da grande popularidade, o estilo “Brass” passou incentivou a criação de outras bandas e foi copiado em diversas outras bandas e orquestras.No Brasil, os arranjos que ele fez para as gravações de Chris Montez teriam influenciado o cantor Wilson Simonal.


Ainda em 1965, Herb Alpert lançaria mais dois álbuns “Whipped Cream & Other Delights” e “Going Places”. O primeiro vendeu mais de 6 milhões de unidades e se destacava pela capa que continha a modelo Dolores Erickson que estava vestindo o que parecia ser chantilly. Na verdade ela estava vestindo um manto branco sobre a qual foi espalhado creme de barbear real, artisticamente posicionados, já que a tentativa com chantilly não tinha dado certo, pois derretia com o calor do estúdio. Dessa época vários singles de sucesso foram surgindo, tais como, Lollipops And Roses e A Taste of Honey, que ganhou um Grammy de gravação do ano. O álbum “Going Places” produziu os singles de sucesso, Tijuana Taxi, Spanish Flea, Third man Theme, Zorba The Greek. Em 1967, realizaram a trilha sonora da primeira versão do filme “Casino Royale”

Herb Alpert e The Tijuana Brass ganharam seis prêmios Grammy. Quinze dos seus álbuns ganharam discos de ouro e quatorze ganharam discos de platina. Em 1966, mais de 13 milhões de discos foram vendidos no mercado fonográfico mundial, superando os Beatles. Nesse mesmo ano o Guiness Book of World Records reconheceu o recorde de colocar cinco álbuns simultaneamente no Top 20 da parada de álbuns da Bilboard Pop. Em abril de 1966, quatro desses álbuns foram simultaneamente para o Top 10.

A dissolução do The Tijuana Brass ocorreu em 1969, porém ainda lançou em 1971, outro álbum com a banda. Em 1973, formou outro grupo, contendo alguns integrantes da formação antiga, chamado Herb Alpert And The T.J.B. Com essa nova versão da banda lançou em 1974 e 1975, três novos álbuns e saiu para uma turnê. Em 1984, por ocasião dos jogos olímpicos de Los Angeles, ele convocou a terceira formação da banda, gerando mais uma turnê local.

Ainda no final dos anos 1970 e posteriormente nos anos 1980 e até 1990, Herb Alpert teve uma carreira solo de sucesso. Um dos seus maiores sucessos na carreira solo foi a música Rise, lançada em 1979 e também ganhou um Grammy. Em 1997, a música foi inserida (sampleada) em um número de rap, na canção Hypnotize do rapper Notorious BIG.

Em 1987, ele direcionou a sua música para o gênero Rhythm Blues com o álbum “Keep Your Eye on Me”, em parceria com os produtores Jimmy Jam e Terry Lewis, nas canções Diamonds e Making Love in The Rain, com vocais de Janet Jackson e Keith Lisa. Nesse mesmo ano, Herb Alpert e o seu sócio Jerry Moss venderam a gravadora A&M para a gravadora Polygram,por supostos 500 milhões de dólares. Ambos continuaram a gerenciar o selo até 1993, saindo por pressões com a nova gravadora.

Como prêmios, em 1997, Herb Alpert e Jerry Moss receberam um Grammy Trustees Award, pelas realizações em vida no cenário fonográfico, como executivos e também outro em 2007, o Prêmio Grammy Lifetime Achievement. Além disso, pela contribuição à indústria fonográfica tiveram ums estrela na calçada da fama em Hollywood. Em 2006, foi a vez de serem introduzidos no Rock and Rollo of Fame, pelo trabalho empreendedor na gravadora A&M. Já como produtor de teatro na Broadway, na peça “Angels in America”, Alpert ganhou o Tony Award.

Em 2000, ele adquiriu os direitos musicais da Universal Music, que eram os proprietários da A&M, naquele momento, em um acordo legal e a partir disso, ele iniciou a reedição remasterizada do catálogo da sua carreira, em formato Compact Disc – CD. Nessa reedição aproveitou para lançar um álbum inédito, que chamou de Lost Treasures, consistindo de material não lançado dos anos de The Tijuana Brass.

Até o ano 2010, a estimativa era que ele teria vendido mais de 80 milhões de álbuns. É um dos poucos artistas a chegar ao número 1 da Bilboard como instrumentista e vocalista, com as músicas Rise (1979) e This Guy in Love with You (1968).
Além de músico e compositor, Herb Alpert se destacou em atividades filantrópicas, criando uma fundação e contribuindo em pró da educação das artes. Também é autor de obras expressionistas abstratas e de esculturas no mesmo estilo, só que com o nome Don Alpert.

Em 17 de setembro de 2010, foi lançado pela BBC, o documentário de TV, chamado “Legends: Herb Alpert - Tijuana Brass and Other Delights”.

Nesta compilação de Herb Alpert e The Tijuana Brass denominado "Greatest Hits", realizada em 2011, constam as seguintes músicas:

1. El Presidente
2. A Taste of Honey
3. Hello, Dolly
4. Casino Royale
5. Spanish Flea
6. The Lonelly Bull
7. A Banda
8. The Guy’s in Love with You
9. Cabaret
10. A Walk in the Black Forest
11. The Girl from Ipanema
12. What Now My Love
13. Zorba, the Greek
14. South Of the Border
15. Whippead Cream
16. Tijuana Taxi
17. I’m Gettin Sentimental over You
18. Memories of Madrid
19. Mexican Shuffle
20. Love Potion Nº 9
21. Never On Sunday
22. America
23. The Shadow of Your Smile
24. Tequila
25. Magic Trumpet
26. Brasilia
27. Lollipops and Roses
28. James Bond Theme
29. All My Loving
30. Walk, Don’t Run
31. Mae


















 







Links:


GREATEST HITS

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

VEJA TAMBÉM NOSSA COMPILAÇÃO VOLUME 2 (CLIQUE AQUI)



18 comentários:

  1. maravilha so faltou o link pra baixar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diniz
      Estão disponíveis 3 links. Veja abaixo das ilustrações. É só clicar nos nomes.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
    2. Diniz...esse filhos da puta gostam de esconder os links. Quem não é experiente não consegue baixar, com coisa que vão se livrar da RIIA.

      Excluir
    3. Anônimo

      Mais um espírito de porco, que escondido pelo anonimato é mal educado, mal agradecido e ainda analfabeto. Há formas mais civilizadas de manifestar sua insatisfação, sem precisar agredir com baixaria.
      Tenho certeza que o amigo Diniz e outros amigos do blog tem outra opinião.
      Há alguns pontos que gostaria de deixar claro:

      1º Faço e coloco o que quiser no blog. Esse é uma prerrogativa minha. Quem quiser melhor, faça o seu da maneira que quiser.
      2º Há informação na parte superior e lateral direita da página do blog, denominado "Your Feedback", onde é orientado quanto a colocação dos links.
      3º Não há temor quanto a ação da RIIA, pois não serei o primeiro e nem o ultimo blog a sofrer ação deles. Se acontecer, aconteceu. O importante são os resgates que já efetuamos.
      4º Se a pessoa não gosta do meu blog, não é obrigado a acessar. Caia fora. A internet é muito grande. Provavelmente haverão outros blogs de seu gosto. Não há necessidade de agir como um idiota, xingando quem tem boa intenção.
      5º Em compensação há milhares que continuam nos prestigiando e dando apoio.
      Tchau....os próximos comentários seus desse tipo serão eliminados.

      A propósito: reclamou...mas buscou o link...

      Hedson LaPlaya.

      Excluir
    4. Absolutely well written dear friend Hedson, those coward trolls that use this mode to insult and blame all thinks that they can't understand and are hiding in the anonymity don't deserve been here.

      Greetings from Quito-Ecuador, SouthAmerica.

      Excluir
  2. Olá, sou fã de seu blog já há bastante tempo. Os títulos por você postados dispensam comentários, porém há algo que me intriga, pois verifico que em todas as seleções por você criadas, as faixas iniciam em fade, o que às vezes corta um pedacinho do início da música, como é o caso desta postagem onde se perdeu o início de "The Lonely Bull". Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antonio
      Primeiramente agradeço o apoio ao nosso blog. Você tem razão quanto a utilização do "Fade". Muitas vezes sou obrigado a usar o artifício do "Fade In", no processo de digitalização, principalmente quando o inicio da faixa está ruim (com muito ruido). Foi o caso da canção "The Lonely Bull", que por sinal já obtive uma nova cópia na integra, porém, acabei não substituindo.
      Entretanto, quero enfatizar, que é possível haver limitações na qualidade de áudio e do material gráfico, já que não sou profissional da área e nos recursos de software para esse fim.
      Mas valeu...muito o seu comentário, pois é com isso que melhoramos o padrão do blog. Vou procurar ser mais criterioso.
      Hedson LaPlaya.

      Excluir
    2. GOSTEI BASTANTE DA SUA SELEÇÃO.PARABÉNS.É POSSÍVEL VOCÊ TAMBÉM DISPONIBILIZAR "EL GARBANZO ?"

      ABRAÇOS,E MUITO OBRIGADO !

      Excluir
    3. Oi Donato
      A música que está solicitando está na seleção do volume 2 que já postamos no blog. Acesse o link abaixo:

      http://laplayamusic.blogspot.com.br/2014/07/herb-alpert-tijuana-brass-volume-2-2014.html

      Futuramente, prepararemos o volume 3. Aguarde.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  3. Hedson, parabéns pelo Blog, certamente existem milhares de pessoas como eu que amam a boa musica,seu Blog é maravilhoso e me remete aos meus 9 anos,hoje com 55,me sinto um garoto novamente.Gostaria de indicar uns softwares que utilizo pra ouvir e também pra converter musicas: segue os softwares:
    MediaMonkey - versão atual 4.0.7.1511 - tocador,extrai musicas de CD e excelente conversor para diversos formatos, e tem muitas outras funções.
    Para " cortar musicas e trechos ", existe o Mp3DirectCut, mais uma vez, parabéns e abraços.

    ResponderExcluir
  4. Amigo Elia
    Primeiramente, obrigado pelo apoio ao blog LaPlayaMusic. Sempre que puder nos divulgue.
    Fico satisfeito em saber que ainda há um garoto em você e o blog lhe proporcionou essa sensibilização. A música é eterna e relembrá-las nos faz mais vivo.
    Gostei das dicas dos softwares. Ainda não os utilizei. Vou baixar e testá-los.
    Sucesso em 2014.
    Hedson LaPlaya

    ResponderExcluir
  5. Melhor blog que já visitei, gostaria de agradecer pelo trabalho em disponibilizar coisas tão maravilhosas e que nos remetem aos melhores anos de nossas vidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renato
      Obrigado pelo apoio e olha que tem gente que ainda reclama, mas não ajuda.
      Valeu, continue acompanhando e nos divulgando.
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  6. Caro Helder,

    Muito obrigado mesmo pelo album. Boas lembranças desta banda nos idos de 68...
    Valeu pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ismar
      Seja bem vindo. Se gostou desse volume, acesse o Volume 2 e aguarde o 3.
      Um abraço
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  7. PÁRABENS SE OS NOSSOS GOVERNAMTES E DEPUTADOS FOSSEM PESSOAS QUE NEM VOCE O BRASIL SERIA MELHOR

    ResponderExcluir
  8. Muito obrigado por compartilhar conosco todas estas jóias, e parabéns pelo Blog. Gostaria, porém, de saber quem interpreta a música "Tequila", aqui incluída, pois Herb Alpert não a gravou.

    ResponderExcluir
  9. SENSACIONAL! Várias músicas excelentes! Muito obrigado!

    ResponderExcluir