2017

2017

domingo, 23 de abril de 2017

CLAUDIA BARROSO - DISTANTE DOS OLHOS - EP - 1969

A cantora, compositora e atriz brasileira Cláudia Barroso se chamava Amélia Rocha Barroso. Ela nasceu no dia 23 de abril de 1932, na cidade de Pirapetinga, em Minas Gerais e faleceu na cidade de Fortaleza, Ceará, no dia 09 de outubro de 2015, aos 83 anos de idade, vítima de complicações respiratórias.

Iniciou sua carreira na década de 1960, apresentando-se em clubes noturnos da cidade de São Paulo. Foi descoberta pelo maestro Portinho e por Mauro Duarte, que na época era diretor da Radio Nacional do Rio de Janeiro e da gravadora RGE.

Seu primeiro disco foi lançado em 1962 e era um compacto simples de 78 rpm, gravado pela gravadora Odeon. Constava nesse disco as canções Fica comigo essa noite, sucesso dos populares compositores Adelino Moreira e Nelson Gonçalves e  Não, eu não vou ter saudade, de Vaucaire e C. Dumont, com letra em português de Romeu Nunes.

A sua estreia em disco no formato Long Playing – Lp foi em 1967, com o disco intitulado “Claudia Barroso”, pela RGE. Mas a consagração, porém, só ocorreu em 1971, quando lançou pela gravadora Continental o álbum também intitulado “Cláudia Barroso”. O disco trazia duas composições próprias que fizeram sucesso comercial: Quem mandou você errarA vida é mesmo assim.

O sucesso popular possibilitou, na época, ser  jurada do programa Silvio Santos, ainda quando era realizado pela TV Globo e mais tarde do programa comandado por Chacrinha.
Morreu em 9 de outubro de 2015 aos 83 anos de idade, vítima de complicações respiratórias.

Nesta postagem, apresentamos o disco Compacto duplo, lançado em 1969, pela gravadora RGE, com o selo Fermata, que contém as seguintes músicas:

1. Distante dos olhos (Lontano dagli occhi);
2. Um sorriso;
3. O silêncio;
4. Deus, como te amo (Dio come ti amo).
















Links:







2 comentários:

  1. VOCÊ ERROU NO NOME DA CANTORA - É CLAUDIA E NÃO CLAUDIO....PODE APAGAR DEPOIS

    ResponderExcluir