2018

2018

sábado, 18 de novembro de 2017

O.C. SMITH - CANTA SUCESSOS DO HIT PARADE - FOR ONCE IN MY LIFE (1969) - REPOST

A pedido do amigo Adilson Caetano, nesta postagem reapresentamos o álbum "O.C. Smith Canta Sucessos do Hit Parade - For Once in My Life", do cantor americano O.C. Smith (Ocie Lee Smith).

O.C. Smith nasceu na cidade de Mansfield, em Louisiana, em 21/junho/1932 e morreu em 23/novembro/2001. Em sua trajetória musical o seu grande destaque foi a gravação da canção Little green apples, que chegou a número 2, na parada da "Bilboard Hot 100", no ano de 1968 e vendeu mais de um milhão de cópias do disco.

Após morar com seus pais em Little Rock, Arkansas, mudou-se com sua mãe para Los Angeles, Califòrnia, após o divórcio dos seus pais. Ao completar um curso de psicologia na Universiade de Southern, se juntou a Força Aérea e serviu em todo os EUA, Europa e Ásia. 

Nesse período, começou a entrar em concursos de talentos e excursionou com Horace Heidt. Após a sua dispensa da Força Aérea, em julho de 1955, Smith entrou na música Jazz, com o principal objetivo de se sustentar, ou seja, pelo menos pagar as suas contas.

Ele ganhou a sua primeira chance como cantor com Sy Oliver e fez uma aparição no “Talents Scouts”, de Arthur Godfrey. Seu sucesso no programa o levou a um contrato de gravação com a gravadora Cadence Records. 

Sua estréia foi com um cover de Little Richad, com a música Tutti-Frutti, em dezembro de 1955. A experiência não gerou um hit, mas convenceu a gravadora MGM a lhe conceder um contrato solo, resultando em mais três lançamentos, que não chegaram a ser grandes sucessos.

Em 1961, o cantor O.C. Smith foi recrutado pela Count Basie, para ser seu vocalista, cargo que ocupou até 1965. Independente dessa atividade, continuou a gravar em diferentes selos, mas a geração de um sucesso ainda era incógnita. 

Em 1968, a gravadora Columbia Records estava pronta para dispensá-lo, quando ele entrou pela primeira vez nas paradas com a canção Son of Hickory Holler's Tramp, que alcançou o número 2 no UK Singles Chart (Inglaterra) e também chegou ao Top 40 nos Estados Unidos. Em 1976, Kenny Rogers reviveu esse sucesso em estilo country.

Em seguida, com a mudança do seu nome, passando a ser escrito O. C. Smith, gravou a canção Little Green Apples, que finalmente estourou e foi numero 2, na Bilboard Hot 100, ganhando os prêmios Russell 1969 e o Grammy de canção do ano. Além disso, recebeu um disco de ouro do R.I.A.A. (órgão americano de música), por vender um milhão de cópias.

Após esse sucesso, continuou sua carreira com destaques no lançamento das canções Daddy's little man; Friend, lover, woman, wife; Me and you e Love To Burn. Voltaria as paradas UK Singles, em 1977, com a música Together, alcançando a 30ª posição, Dreams come true e Watcha gonna do.

Posteriormente tornou-se pastor e fundador da igreja The City Of Angels, em Los Angeles, Califórnia, onde ele praticou por 16 anos. Uma de suas últimas gravações foi Save the last dance for me, que alcançou a posição de numero 1, na Rhythm n’ Beach Top 40.

Pouco depois de sua morte, o governador Jim Hodges proclamou em 2002, que o dia 21/junho seria denominado OC Smith Day, no Estado da Carolina do Sul. Foi eleito postumamente para o Carolina Beach Music Hall of Fame, em novembro de 2002.

Para o amigo do blog que não conhece o cantor O.C. Smith, resgatamos um álbum chamado “O.C. Smith Canta Sucessos do Hit-Parade”, lançado no Brasil, em 1969, pela gravadora CBS. 

Entretanto, na versão originalmente lançada nos USA, em 1968, pelo selo Columbia, não continha a mesma seleção de músicas, apesar de ser a mesma capa.

Esse disco contém os dois primeiros grandes sucessos do cantor, sendo The son of Hickory Holle’rs Tramp e Little green apples. A capa do disco é a mesma lançada no mercado americano, apenas com outro nome “For Once in My Life”. 

As músicas que compõem esse raro disco são as seguintes:

1. For once in my life;
2. Stormy;
3. Wichita Lineman;
4. Hey Jude;
5. Main street mission;
6. Ain’t the worryin’ kind;
7. Little green apples;
8. By the time I get to Phoenix;
9. Sitting on the dock of the bay;
10. Honey;
11. Promises;
12. The son of Hickory Holler’s Tramp.






 Capa (Front) - Edição CBS Brasil 1969





Capa (Front) - Edição Columbia USA 1968





 ContraCapa (Back Cover) - Edição CBS Brasil 1969




  Selo (Label) - Edição CBS Brasil 1969





  Selo (Label) - Edição Columbia USA 1968





Links:






2 comentários:

  1. Olá!
    Gostaria de fazer parceria de Blogs com o seu.

    Meu Blog: http://dok7aocdflac.blogspot.com.br/

    Fico no aguardo.

    ResponderExcluir