2016

2016

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

ENOCH LIGHT AND HIS ORCHESTRA - BEATLES CLASSICS - 1974

O maestro Enoch Light (1905-1978) foi líder de uma orquestra muito popular nos anos 1940 e 50, pelo seu estilo de percussão e um pioneiro no uso de novas tecnologias de áudio como o "ping-pong stereo”, que era a passagem de um canal para outro e nos anos 1960 e 70, a gravação em película de 35mm.

Depois desse sucesso, ele fundou a gravadora Command, que possibilitou realizar os seus próprios registros com flexibilidade para novas criações de arranjo e áudio, que utilizava todo o espectro sonoro dos equipamentos de som da época, ficando à frente dessa gravadora até 1965. 

Posteriormente 1965, a gravadora Command foi adquirida pela ABC Records, que por sua vez foi comprada pela MCA Records. Nesse período, Enoch Light continuou trabalhando como arranjador / maestro e chefe do selo “Project 3 Records”.

Nos anos 1970, mesmo gravando esporadicamente, a sua atividade artística diminuiu. Enoch Light faleceu em 31/07/1978, deixando uma obra extensa.

Fonte: Stephen Thomas Erlewine, All Music Guide.

Nesta postagem, apresentamos o seu tributo à maior banda de todos os tempos. Trata-se do álbum, intitulado "Beatles Classics", lançado em 1974, pela Project 3 Records e posteriormente relançado no Brasil, pela Rede Brasil, nos anos 1990, em formado compact disc - cd. É bom lembrar que as canções do disco foram lançadas em discos individuais em épocas diferentes. Esse álbum reuniu todas elas juntas. Outro ponto a ressaltar é que o mesmo disco tem várias capas diferentes, respectivamente de acordo com cada reedição.

As canções que compõem o disco são as seguintes:

1. Eleonor Rigby;
2. Suite: Hello goodbye / Something / Penny Lane;
3. Lucy in the sky;
4. Michele;
5. Hey, Jude;
6. Norwegian wood;
7. With a little help from my friends;
8. Let it be. 














Links:







Um comentário:

  1. Hedson

    No comentário - Miltinho - disse mala e cuia. "Mala" por chegar. "Cuia" (Gigantesca) p/
    angariar conhecimentos. Parabéns, repito!
    Enoch Light, sem ping-pong, melhor cha-cha-cha, de "I Want To Be Happy", lembrando
    Tommy Dorsey à "I Want To Hold Your Hand", Beatles: fica imensurável.
    Música é o que não falta, sendo sugestões os Maestros "Waldir Calmon e Sidney" 'tá?
    C/ vasto material, aguardo E-mail.

    Grato, AM

    ResponderExcluir