2016

2016

domingo, 10 de março de 2013

LUIZ BONFÁ - PLAYS GREAT SONGS - 1967


Esta postagem homenageia o violonista brasileiro Luiz Floriano Bonfá, ou simplesmente Luiz Bonfá. Ele nasceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 17/10/1922 e morreu no dia 12/01/2001. Foi compositor, cantor, instrumentista de cordas (principalmente o violão) e músico, se destacando em diversos gêneros musicais, tais como bossa nova, samba, jazz e country rock.

Aprendeu a tocar violão sozinho de ouvido, quando criança. Quando completou 13 anos, passou a ter aulas com o uruguaio Isaias Savio. Tais aulas se tornaram cansativas para Bonfá, que tinha de sair de sua casa, na periferia do Rio de Janeiro, andar um longo caminho a pé e depois pegar um bonde para Santa Teresa, onde morava o professor. Devido à extraordinária dedicação de Bonfá, o professor não lhe cobrava as aulas.

Na década de 1940, tocou na Rádio Nacional, ao lado do grande violonista Garoto. Participou de alguns conjuntos musicais, como o “Quintandinha Serenaders”, até começar a carreira solo, como violinista.

Teve atuação destacada como compositor e seus primeiros sucessos foram gravados por Dick Farney, em 1953. A peça teatral “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes, foi um marco em sua carreira. Em 1956, tocou violão na gravação do disco da peça e três anos depois compôs algumas das faixas, que compunham a trilha sonora do filme de Marcel Camus, “Orfeu de Carnaval”, inspirada na peça. Delas se destacarm os clássicos como Manhã de Carnaval e Samba de Orfeu, ambas em parceria com Antonio Maria.

Luiz Bonfá foi um dos integrantes do primeiro grupo de músicos do movimento Bossa Nova, participando do Festival de Bossa Nova, no Carnegie Hall, em Nova York, no ano de 1962. Respeitado como compositor refinado e exímio violonista, tem como uma de suas características tocar fazendo amplo uso do recurso de cordas soltas, o que confere uma sonoridade ampla e grandiosa.

Em carreira bem sucedida nos Estados Unidos, gravou diversos discos, que nunca foram lançados no Brasil. Voltou a gravar no Brasil no final dos anos 1980 e anos 1990.
Uma de suas composições, Almost In Love, foi a canção brasileira gravada por Elvis Presley, Frank Sinatra, Sarah Vaughan, George Benson, Tony Bennett, Julio Iglesias, Diana Krall e Luciano Pavarotti. Outros sucessos de sua carreira foram De Cigarro em Cigarro, Correnteza (em parceria com Antonio Carlos Jobim), The Gentle Rain, Menina Flor, Mania de Maria, Sem Esse Céu, entre outros.

              Fontes: Wikipedia e blog Loronix.

Nesta postagem também resgatamos o álbum “Luiz Bonfá Plays Greats Songs”, lançado em 1967 no Brasil e USA. No Brasil foi lançado pela gravadora RGE, com o selo (label) Dot Records. Nos USA e outros países foi lançado com capas diferentes. O disco conta com o acompanhamento da Orquestra de Nick Perito e do brasileiro Eumir Deodato.

O destaque do disco é a seleção de sucessos populares da época, sendo ele todo instrumental. Apesar de gostar de todo o disco, considero destaques as músicas Yellow Bird, More (que tem um toque bossa nova) e Manhã de Carnaval, que é um clássico. As músicas Bubala, Manhã de Carnaval e Seville são de autoria de Luiz Bonfá. As canções do álbum são:

1. Born free;
2. Moon river;
3. Spanish eyes;
4. Stranger in the nights;
5. Bubala;
6. The exodus;
7. More;
8. Somewhere my love;
9. Yellow bird;
10. Manhã de carnaval;
11. Seville;
12. A man and woman.



 Capa lançada no Brasil



 Contra Capa lançada no Brasil



 Selo (Label) lançado na versão USA



 Capa lançada na versão USA



  Versão Alternativa Capa lançada em outros países 



 Versão Alternativa Capa lançada em outros países 


4 comentários:

  1. Luiz Bonfá era violonista e não violinista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neziaão
      Obrigado pela contribuição. Foi um erro de digitação, pois no corpo do texto da postagem eu deixei claro que o violão era o seu principal instrumento. Tirando essa pequena falha, afinal gostou do álbum?...
      Hedson LaPlaya

      Excluir
    2. Hedson, obrigado por disponibilizar o álbum! Parabéns pelo blog!

      Gomes

      Excluir