2016

2016

segunda-feira, 27 de maio de 2013

NILO SÉRGIO - SUA ORQUESTRA E VOZES - ISTO É ROMANCE - 1962

Tenho mostrado no Blog vários álbuns lançados pela gravadora Musidisc, capitaneados pelo produtor Nilo Sérgio. Desta vez, comentaremos sobre a carreira deste cantor, músico e produtor Nilo Sérgio (Nilo Santos Pinto).

Iniciou como calouro na Radio Cruzeiro do Sul e como cantor foi dono de uma voz que se notabilizou nos anos 1940, nos áureos tempos da Radio Nacional. Seus primeiros discos, lançados pela gravadora RCA Victor, traziam vários estilos que iam de fox trotes, beguines e principalmente de standards do cancioneiro americano. 

Após passagens pela gravadora Continental e Todaamérica, resolveu criar a sua própria gravadora, com o seu próprio selo (label), denominado Musidisc, que era sediado na Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro.

Em 1961, Sérgio Nilo lança o novo selo, o Nilser, que é nada mais do que as duas primeiras sílabas do seu nome artístico, ao qual procurou dar um maior status. Explorando o gosto comercial do público da época, a gravadora Musidisc lançou compilações temáticas, no estilo de “Música para Adormecer – 1955”, “Datas Felizes – 1953” e principalmente álbuns orquestrais que utilizavam pseudônimos estrangeiros.

O maior destaque e sucesso comercial da gravadora foi a Orquestra Românticos de Cuba, que era formada somente por excelentes músicos brasileiros, que embalaram hits franceses, norte-americanos, italianos, sambas e outras canções brasileiras, todas apresentadas em ritmo de “bolero”. Até canções de Roberto Carlos e Erasmo Carlos foram lançadas pela Orquestra (ver postagem no blog), por sinal a última lançada em 1979 por Nilo Sérgio, já que ele morreu em 1981.

Nessa mesma linha ele lançou outras orquestras, tais como: Violinos Mágicos e Trio Surdina. Com capas bem trabalhadas, ricas em cores, paisagens e mulheres exuberantes, a Musidisc, embora pequena, tornou-se notória em sua época. Músicos como Ed Lincoln, Léo Peracchi, Severino Araujo, Eliana Pittman, Orlandivo e Silvio Caldas tiveram os seus registros pela gravadora.

Assim, nossa postagem de hoje, compartilha o segundo álbum da orquestra de Nilo Sérgio, intitulado “Isto é Romance”, que foi um grande sucesso da gravadora Musidisc, lançado em 1962. Verifiquei que muitos blogs que postaram esse disco, já não o estão disponibilizando, devido a problemas nos links, provavelmente cancelados pelos respectivos servidores.

O destaque desse disco em relação ao primeiro, que se chamava “Dançando Suavemente” foi a composição de violinos, violas, cellos, trompas, harpa, piano e ritmo, adicionando em alguns momentos um coral misto, que formavam um contraponto com o grupo de cordas. Incluo no destaque a boa seleção musical do álbum, que  consta cinco excelentes e inspiradas composições do próprio Nilo Sérgio. A qualidade dos arranjos não fica nada a dever em relação aos grandes maestros estrangeiros.

Fontes: http://oladobom.blogspot.com/2010/11/musidisc-de-nilo-sergio.html e texto de Sebastião Fonseca obtido na contra capa do disco “Isto é Romance”.

As músicas do disco são:

1. My prayer (Boulanger / Kennedy);
2. Canção dos vagabundos (Nilo Sérgio);
3. Serenata (Schubert);
4. Canção para um homem no espaço(Nilo Sérgio);
5. Espiral (Nilo Sérgio / Ed Lincoln);
6. I concentrate on you face (Cole Porter);
7. Romantic partners (Nilo Sérgio);
8. Pescadores de pérolas (G. Biaet);
9. Marias de Portugal (Nilo Sérgio);
10. I love Brahms -3ª sinfonia (Brahms);
11. Sanson et Dalila (C. Saint / Saes)
12. Lago dos cisnes (Tchaikoviski).







 Capa Versão Alternativa





Contra Capa - Versão Blog LaPlayaMusic



Links:

7 comentários:

  1. Nilo Sérgio - para quem ainda não sabe - foi, tal qual Dick Farney e Leny Eversong, um pioneiro no Brasil a gravar, em Inglês, o repertório norteamericano, no início dos anos 40. A princípio, como vocalista de The Midnighters, depois, como cantor solo. Muitos anos depois, revelou-se como um grande diretor musical, produtor de discos e descobridor de talentos. Foi em seu selo Musidisc-Rio que o grupo da Jovem Guarda The Sunshines gravou seu 1º. LP, em 1965 (lançado, porém, somente em 1967).
    Algum tempo atrás, um blog bem conhecido (salvo engano, o "Toque Musical) começou a postar LP's originais do selo Musidisc. O responsável pelo blog, posteriormente, informou que estava retirando as postagens dessa gravadora porque o filho do Nilo Sérgio (herdeiro do acervo da Musidisc) teria se manifestado contrário às postagens porque estaria providenciando certos relançamentos. Nós, particularmente, embora frequentador de lojas de discos e "sebos", jamais vimos qualquer um desses relançamentos. E nós que esperávamos conseguir CD's originais de Ed Lincoln (do LP do início de 1966), do Trio Ternura, de The Sunshines [inclusive os dois LP's como acompanhantes de Bob Fleming (Moacyr Silva)], miscelâneas... E tudo em estéreo, pois a Musidisc gravava tudo assim! Isto é, não relança nem concorda com as postagens, mesmo limitadas na Internet...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Druca
      Você citou dois grandes artistas da música brasileira que aprecio muito, que são Dick Farney e a esplendorosa Lenny Eversong. Em minha opinião, são dois artistas que mereceriam melhor lembrança da mídia brasileira. É triste essa miopia do Brasil com seus artistas.
      As informações que completou sobre Nilo Sérgio, vale muito. Obrigado...e fico honrado com a sua contribuição. Eu procuro resgatar as informações dentro das limitações que disponho, mas acredito que mesmo assim é válido.
      A visão que existe, quanto a limitar a disseminação da cultura musical, principalmente de obras que não existem mais, sempre por interesses egoístas e que nem sempre obtém sucesso, é tristeeeee. Devido a isso existe um mundo de obras no limbo.
      A internet com os seus blogueiros fazem esse papel de resgate. É importante salientarmos que divulgação que realizamos é meramente para conhecimento, pois é sabido que a qualidade é limitada e as vezes nem tem muita qualidade, já que em alguns casos, disponibilizamos esse material retirados de materiais em condições precárias. Eu mesmo já obtive álbuns da internet que posteriormente acabei comprando em formato vinyl (importado) e/ou CD.
      Mas vamos continuar a resgatar e proporcionar a quem não sabe, o conhecimento dessas obras raras e esquecidas.
      Valeu Druca...
      Hedson LaPlaya

      Excluir
  2. Uma correção em meu humilde comentário: o 1º. LP de The Sunshines (gravadora Musidisc, selo Rio), foi gravado em 1966 e não em 1965, como saiu (embora lançado somente em 1967). Segundo comentário de um de seu integrantes, a CBS (que estava lançando, também, seu próprio LP com The Sunshines) "mexeu os pauzinhos" e abafou, junto à mídia, a divulgação do LP da Musidisc-Rio. Assim, ele passou praticamente despercebido.

    ResponderExcluir
  3. Estimado Hedson,
    seria possível repostar esse raro exemplar?!
    "NILO SÉRGIO - SUA ORQUESTRA E VOZES - ISTO É ROMANCE - 1962"
    Desde já fico muito grato por sua especial tenção de sempre!
    Abraços/Nelson

    ResponderExcluir
  4. Estimado Hedson,
    seria possível repostar esse raro exemplar?!
    "NILO SÉRGIO - SUA ORQUESTRA E VOZES - ISTO É ROMANCE - 1962"
    Desde já fico muito grato por sua especial tenção de sempre!
    Abraços/Nelson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está na lista das repsotagens. Aguarde
      Hedson LaPlaya

      Excluir